Seguir o blog

sábado, 12 de agosto de 2017

COLOMBO UMA OVA!


O mundo todo tá uma josta.
No mundo árabe há muito o pau tá comendo, com o ditador Bashar al-Assad matando tudo quanto é vida, de homem, mulher e criança, com a ajuda do manda chuva Putin.
Na África a fome e a miséria se uniram para acabar com o continente em que surgiram os primeiros seres identificados com a raça que representamos, humanos.
Agora mesmo ouço no noticiário do rádio e tevê o tal Trump dizendo que vai mandar bala, das grandes, na cabeça daquele sujeitinho pequenininho, ditadorzinho, que mantém sob rédeas o povo norte-coreano. O tal ditadorzinho ameaça fazer o mesmo com o povo norte-americano, se Trump et cétera e tal.
Norte-americanos...
No final do século 15, o italiano Cristóvão Colombo (1451-1506) descobriu, sem querer, as Américas. É o que se diz nas escolas, mas há quem diga que a história não foi bem assim.
Semana passada, o vendedor de São Paulo João Dória, andou de mãos dadas com o prefeito neto do coronel falecido ACM. As mãos dadas de Dória e Neto deveram-se à uma visita à Câmara Municipal de Salvador, onde Dória foi agraciado com o título de cidadão. à entrada da Câmara, uma chuva de ovos desabou sobre o prefeito paulistano.
No rádio e tevê ouvi há pouco a notícia de que a população de 16 países europeus estava sendo abastecida com ovos contaminados procedentes da Holanda e Bélgica. Pois é.
À Colombo é atribuída a descoberta das Américas, não é mesmo? Quando ele chegou às Bahamas, pensou que estava nas Índias, porém, diga-se de passagem, que ele comprovou a tese de que o mundo é arredondado e não plano como muita gente pensava, até então.
Colombo era genovês, morou na Ilha da Madeira, Portugal e Espanha, de onde partiu em busca de novos ares comandando as naus Pinta, Nina e Santa Maria. Ao voltar à terra de Espanha, ele recebeu todos os louros e papagaios...brincadeirinha.
Conta-se que alguém, menosprezando suas aventuras por mares e terras, teria dito que sua façanha poderia ser feita por qualquer um. E aí ele teria dito que tudo bem, mas para isso, preciso se faria que o aventureiro, digamos assim, tivesse antes de tudo ideias. Foi quando, então, desafiou os presentes a por um ovo em pé. Ninguém conseguiu, só ele.

BRINCANDO COM A HISTÓRIA (46)



DOIDURA

Uma Roberta suíça, filha e neta de banqueiros, casou-se e separou-se do brasileiro Protógenes Queiroz. Até aí, tudo bem. O diacho é que essa Roberta está apaixonada por Lula. Ela promete doar ao fundador do PT a bagatela de quinhentos mil reais em dinheiro e bugigangas, entre as quais um Rolex e uma bolsa feminina de marca. É muita tranqueira junta, não é mesmo? E mais: ela ameaça vir ao Brasil, naturalizar-se brasileira e filiar-se ao PC do B ou PT.
Ah! Protógenes é aquele delegado que envolveu-se com corrupção e tal e que foi deputado federal puxado por votos do Tiririca.

CEGO ADERALDO, PALESTRA

Durante duas horas e pouco eu falei o que sei sobre o repentista cearense Cego Aderaldo (1878-1967). Foi ontem à noite no SESC da Bela Vista. Platéia maravilhosa, selete e atenta, com perguntas inteligentes. Ao meu lado, o jornalista, amigo de muitas jornadas, o alagoano do reino encantado de Tanque D'Arca, Audálio Dantas. Aliás, abaixo, Audálio ao lado do legendário cego. Foto raríssima, a mim cedida por outro alagoano, o escritor Paulo Dantas.


Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS VISTAS