Seguir o blog

quinta-feira, 23 de março de 2017

LISTA FECHADA É GOLPE!

Há muito vivemos problemas de todos os tamanhos e em todas as áreas, na política então...
Quase sempre na calada da noite a esperança do povo é vilipendiada, é estuprada, desrespeitada, quase sempre na íntegra, pelos representantes do povo, na Câmara e no Senado.
São golpes e golpes arquitetados e praticados sem pena nem piedade.
É o povo se lascando e os políticos se locupletando e procurando se livrar das garras da Lei, pelas falcatruas que cometem seguidamente, incansavelmente, como esporte da vida que escolheram. Um horror!
Agora mesmo ouço no rádio a cantilena de que é necessário mudar as regras das campanhas políticas. Hoje, votamos em quem achamos que vai nos defender nas diversas esferas municipal, estadual e federal. E ainda assim nos estrepamos. Pois Bem, agora os caciques da Câmara e do Senado estão arquitetando mais uma armadilha contra nós, eleitores. E o lance é: fazer com que votemos em pessoas, candidatas, para os partidos escolherem, eles próprios, os seus apaniguados para os livrar das garras da Lei, isto é, da cadeia. A isso estão chamando de Lista Fechada.
O presidente do TSE, aquele Gilmar, tem se mostrado completamente a favor dessa nova artimanha que se está engendrando na casa do povo. O Temer é contra. E eu também.
Ah! Mais uma vez nós todos temos o prazer de apreciar um inédito para este Blog, feito especialmente por
Fausto.
E a música dos picaretas, hein, quem não se lembra?





quarta-feira, 22 de março de 2017

SERÁ QUE SOMOS UM POVO FELIZ?



MISTÉRIOS
 
Mistérios insondáveis
Desafiam a humanidade
São mistérios profundos
De grande complexidade
Eu não sei, você sabe
O que é felicidade?

É ter muitos amigos
E bens de qualidade
Ou pilotar carro novo
Em alta velocidade?
Eu não sei, você sabe
O que é simplicidade?

É andar de pés descalços?
É dar valor à liberdade
E respeitar o próximo
Na sua privacidade?
Eu não sei, você sabe
Que diachos é saudade?

É um beijo do passado
Roubado na tenra idade
Ou aquele passeio
Que não torna mais em fim de tarde?
Eu não sei, você sabe
O que é eternidade?  

(Assis Ângelo)

Segunda o mundo ficou sabendo da lista contendo os países cujos povos conhecem a graça da felicidade. Foram estudados a vida e o comportamento de 155 dos 193 países cadastrados na Organização das Nações Unidas, ONU. O Brasil está na 22ª posição, huummmm....
Os cinco primeiros países felizes são os nórdicos Noruega, Dinamarca, Islândia, Suíça e Finlândia.
A vida do país em que nascemos e vivemos nós, brasileiros, está de pernas pro ar há um tempão, numa esculhambação só, com risco de implosão.
Os Estados Unidos da América do Norte estão posicionados no 14º lugar e Portugal, no 89º. Portugal está virando, de novo, o caminho para muitos brasileiros. É um país de pouca burocracia, o que facilita a aproximação de quem o escolhe para morar. E é muita gente indo para lá, justificando as crises diversas que vivemos e a violência que, anualmente, tem deixado um saldo de 50 a 60.000 pessoas assassinadas.
O Brasil já foi roubado de tudo quanto é jeito. E continua sendo. E isso tem de parar!
E é preciso dar nome aos bois, isto é: aqueles que trabalham e estão torcendo para que a situação já periclitante exploda.
Renan Calheiros, atual líder do PMDB no Senado;  os atuais presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Eunício Oliveira respectivamente; Lula; o ministro do STF e presidente do STJ, Gilmar Mendes...enfim, o Brasil precisa andar, recuperar o tempo perdido.
Hoje é o dia mundial da água, e nós com isso?
As grandes reservas de água potável do nosso país estão se desmilinguindo. A seca continua braba em toda a região nordeste e até no planalto central, onde há mais de mês pratica-se o racionamento nas torneiras.
Na Bahia, mais da metade dos municípios está com sua população em estado de desespero. Isso é calamidade!
Enquanto isso, começam a aparecer, na Paraíba, políticos reivindicando a paternidade da sangria do Velho Chico.



RÁDIO FELIZ

Mais uma emissora de rádio de São Paulo, a Rádio Estadão, é vendida para evangélicos. A rádios dos Mesquitas agora integra a Rede Rádio Feliz, ai, ai, ai. A programação teve na última segunda feira o primeiro dia útil.



segunda-feira, 20 de março de 2017

BOI DA CARA PRETA?

O mundo está de olho no Brasil. Não é de hoje, mas hoje principalmente. E o motivo é o golpe desferido por empresários ligados à pecuária. Melhor: exportadores de carnes bovina, suína etc.
O Brasil exporta carnes para mais de 150 países, dentre os 193 devidamente cadastrados pela Organização das Nações Unidas, ONU.
Mais da metade da população chilena consome carnes brasileiras.
A China é o país que mais compra carnes ao Brasil. E se a China decidir deixar de consumir o que compra aqui, hein? E não podemos esquecer que o nosso país é o que mais cria boi no mundo.
O boi, o nosso boi está em todo canto. No folclore, inclusive.
Há história de boi a dar com pau.
No Nordeste, quando a mulher se acha "naqueles dias", diz-se que ela está de boi. Até nisso!
Na literatura de Cordel, há histórias incríveis em que o boi é personagem.
Você conhece a história do Boi Misterioso, do paraibano Leandro Gomes de Barros?
O que eu acho do escândalo denunciado pela Polícia Federal e que ganhou o nome Carne Fraca?
Eu acho que esses empresários felas merecem ser surrados em praça pública e ter seus bens confiscados em nome da justiça. E, claro, cadeia neles!

CASEMIRO DE ABREU NÃO MERECIA FEBRE

Eu e todo mundo pensamos que a febre amarela já havia sido erradicada, ledo engano. Mas essa febre é bobagem diante da onda de corrupção que há muito afoga o Brasil e brasileiros.
A febre mostrou sua cara amarela há poucos dias no município de Casemiro de Abreu.
Casemiro não merecia isso.
O poeta autor do poema clássico Meus Oito Anos nasceu no dia 04 de janeiro de 1839. Com dezesseis anos de idade, foi por seu pai levado a estudar em Portugal. O pai era português e a mãe, brasileira. O menino Casemiro sempre detestou o trabalho pesado. O pai era um rico negociante e ele, tudo que queria na vida era ser poeta. O pai detestava poesia, por isso o levou a Portugal.
Ao voltar ao país, Casemiro foi fisgado pela boemia. E logo enganchou-se num rabo de saia e casou. Em seguida pegou uma tuberculose das brabas e morreu no dia 18 de outubro de 1860, aos 21 anos. Antes, em 1859, ele reuniu alguns poemas e publicou o primeiro e único livro: Primaveras.
O tempo passou, e Casemiro virou o nome do município Casemiro de Abreu onde, agora, instalou-se de volta a praga da febre amarela.
Viva Casemiro de Abreu e pro inferno, a febre amarela!

Meus Oito Anos



Oh ! que saudades que eu tenho
Da aurora da minha vida,
Da minha infância querida
Que os anos não trazem mais !
Que amor, que sonhos, que flores,
Naquelas tardes fagueiras
À sombra das bananeiras,
Debaixo dos laranjais !
Como são belos os dias
Do despontar da existência !
– Respira a alma inocência
Como perfumes a flor;
O mar é – lago sereno,
O céu – um manto azulado,
O mundo – um sonho dourado,
A vida – um hino d’amor !
Que auroras, que sol, que vida,
Que noites de melodia
Naquela doce alegria,
Naquele ingênuo folgar !
O céu bordado d’estrelas,
A terra de aromas cheia,
As ondas beijando a areia
E a lua beijando o mar !
Oh ! dias de minha infância !
Oh ! meu céu de primavera !
Que doce a vida não era
Nessa risonha manhã !
Em vez de mágoas de agora,
Eu tinha nessas delícias
De minha mãe as carícias
E beijos de minha irmã !
Livre filho das montanhas,
Eu ia bem satisfeito,
De camisa aberta ao peito,
– Pés descalços, braços nus –
Correndo pelas campinas
À roda das cachoeiras,
Atrás das asas ligeiras
Das borboletas azuis !
Naqueles tempos ditosos
Ia colher as pitangas,
Trepava a tirar as mangas,
Brincava à beira do mar;
Rezava às Ave-Marias,
Achava o céu sempre lindo,
Adormecia sorrindo,
E despertava a cantar !
Oh ! que saudades que eu tenho
Da aurora da minha vida
Da minha infância querida
Que os anos não trazem mais !
– Que amor, que sonhos, que flores,
Naquelas tardes fagueiras
À sombra das bananeiras,
Debaixo dos laranjais !

 

domingo, 19 de março de 2017

VIVA OS PROFESSORES DO BRASIL

Outro dia uma colega de profissão tratou-me por professor, em entrevista à CBN ou PAN, não importa. Importa Educação.
O tema Educação, formação de gente e cidadania, data de tempos d'antanho.
Os japoneses são incríveis em tudo, inclusive no campo da Educação.
Mas antes dos japoneses, outros povos primaram pela Educação. Pela Educação e Cultura.
Não foi à toa que Atenas ficou famosa como a "cidade da Filosofia".
O Brasil está nem sei em qual lugar, mas certamente lá atrás no que se refere à Educação e Cultura.
No mundo, segundo a ONU, há 196 países.
O Japão, os EUA, A Coréia do Sul, apostam na Educação e Cultura. E nós, Brasil?
Desde há muito vejo professores em passeata, gritando, berrando, chamando a atenção de todo mundo para a situação lamentável em que sempre vivem: ganham pouco e são exigidos demais.
Professor brasileiro e professora brasileira vivem ao Deus dará o tempo todo.
Sai governo, entra governo e a situação referente à Educação e Cultura é a mesma. Pior: involui.
Quando o paulista Campos Sales foi conduzido à Presidência da República por influência de Prudente de Moraes, um assassino, a população do Brasil somava 80% de analfabetos.
Hoje, há no Brasil cerca de 25% de analfabetos funcionais. Somados a esses, há pelo mesmos 12 ou 13% de analfabetos totais, ou seja: aqueles que têm dificuldade de identificar um "o" de uma roda de caminhão.
No dia em que pai e mãe entenderem que precisam se juntar aos professores, mestres dos seus filhos, o Brasil poderá mudar.
Viva os professores!


POSTAGENS MAIS VISTAS